A 23 de Outubro de 1944, depois de viver dois anos no campo Kinderheim, em Theresienstadt, sofrendo muito com a mudana de seu irmo de campo e com os mals tratos que passava, Hana com apenas 13 anos de idade desceu de dentro do vago do trem, onde no havia comida, gua, e chegou a Auschwitz. Levou com ela uma mala castanha e nela colocou as roupas e alguns dos seus desenhos preferidos.